POR QUE NOS ESCOLHER?

A M.Quality (“MQ”) é a única agência brasileira capaz de fazer o seu intercâmbio de estudos ou de imigração para a Austrália que possui uma licença valida pelo governo australiano;

Esta licença governamental nos obriga a possuir um seguro. Isto significa se algo der errado dentro dos termos contratuais, o seu reembolso está GARANTIDO em 100% ! Esta garantia você não encontra fora da MQ;

Os valores de nossos serviços são menores que qualquer outro concorrente;

Somos a única agência brasileira que oferece exclusivos serviços de apoio de recolocação profissional no mercado de trabalho australiano;

Temos mais de 15 anos de experiência! Confira este fato: temos o único agente de imigração brasileiro com mais de 15 anos de experiência e segundo os dados estatísticos recentes das autoridades imigratórias australianas o mesmo faz parte do seleto grupo de 26% de agentes de imigração com mais de 10 anos de experiência.




Visto para a Austrália como Engenheiro

07/2014

A profissão de engenharia na Austrália diria que é a segunda profissão mais requisitada depois da área médica. E uma prova disto são as listas que o governo federal australiano vem criando ou atualizando para os propósitos de imigração. Desde a primeira lista a profissão de engenharia na Austrália na maioria de suas modalidades tem estado na mesma ate a presente data facilitando a vida de todos que planejam obter um visto para a Austrália como engenheiro.

Dito isto, não conclua erroneamente que a profissão de engenharia na Austrália seja também a mais fácil de obter-se um visto para a Austrália como engenheiro. Infelizmente não é assim. O processo de validação do seu diploma e experiência profissional possuem um alto grau de complexidade, dependendo onde você obteve o seu diploma de engenharia.


Diploma brasileiro ou português....

Se você graduou-se em uma escola de engenharia no Brasil ou Portugal, por exemplo, infelizmente você terá toda a complexidade processual citada acima. O motivo disto é simplesmente explicado pelo fato que as autoridades australianas nesta área não reconhecem os seus estudos como substancialmente equivalentes aos quais são praticados em escolas australianas. Diga-se de passagem que nas escolas australianas um curso de engenharia normalmente tem uma duração de 4 anos e o mesmo é ministrado em periodo integral.

Mas o parágrafo acima não significa que o governo australiano está com as portas de imigração fechadas para os engenheiros brasileiros ou portugueses! De forma alguma, já que estamos falando do país mais democrático do planeta, não poderia e não é assim. Explico: apesar das autoridades australianas nesta área não reconhecerem os seus estudos como substancialmente equivalentes aos quais são praticados em escolas australianas, as mesmas chegaram a conclusão que há ótimos profissionais de engenharia mesmo com esta insuficiente formação acadêmica, e sendo assim, criaram fases adicionais no processo de validação do diploma.

Narrativas....

A mais importante fase adicional que o governo criou para medir a sua competência e habilidade no trabalho como engenheiro é a exigência que você produza 3 narrativas detalhadas sobre a sua experiência profissional. Nestas narrativas essencialmente terá que descrever em detalhes, um relato de suas atividades de engenharia em  três separados episódios.

Um episódio de carreira é um componente documentado que ocorreu durante o seu ensino de engenharia ou experiência de trabalho que mostre um determinado período ou aspecto distinto da sua atividade de engenharia. O episódio precisará demonstrar claramente a utilização dos seus conhecimentos de engenharia e habilidades adquiridas na especialidade que nominou. Mas atenção: a narrativa não tem o propósito de medir o seu conhecimento adquirido.

Tem mais?....

Infelizmente, tem mais... Cada parágrafo em suas narrativas deverá relaciona-los aos elementos básicos de competência criados pelas autoridades australianas de engenharia. Por exemplo, existe um elemento básico de competência que possui esta definição: “Compreensão conceitual da matemática, análise numérica, estatística,  computação e ciências da informação que estão na base da disciplina de engenharia. “

Ou seja, em algum parágrafo criado em sua narrativa terá que demonstrar que indubitavelmente este elemento básico de competência foi utilizado. Se falhar em qualquer demonstração de um destes 16 elementos básicos de competência, é muito provável que o seu plano de obter um visto para a Austrália como engenheiro naufragará.

Como fazer as narrativas?....

Se não for a sua primeira vez que está tentando obter um visto para a Austrália como engenheiro talvez não seja necessário continuar lendo este artigo. Pois agora vou explicar-lhe de como podemos ajuda-lo aqueles que farão isto pela primeira vez. Apesar se já fez isto antes e não obteve os resultados esperados, demonstra que também precisa de nossa ajuda urgente.

Os métodos mais recomendados de ajuda são: uma orientação imigratória profissional ou consular (por ex, consulta ao website do governo). Obviamente uma orientação imigratória consular é gratuita, mas normalmente o que oferecem fica bem aquém do que gostaria para sanar as suas dúvidas e com isto ganhar um pouco mais de tranquilidade e certeza. É como que você chegasse ao mais próximo departamento de trânsito em sua cidade, e perguntasse aos mesmos qual ajuda poderiam oferecer para tirar pela primeira vez a sua carteira de habilitação...Se não acreditar que será próxima da nulidade, por favor, escreva-me...

Único agente engenheiro....

Creio que num processo tão complexo como é este para obter um visto para a Austrália como engenheiro a ajuda ideal é a de procurar uma orientação imigratória profissional. Sabendo-se que existem mais de 4 mil agentes de imigração credenciados pelo governo australiano a pergunta se resume a esta: quem contratar?

As próprias autoridades australianas de defesa ao consumidor recomendam que somente utilizem agentes de imigração credenciados pelo governo australiano e que sejam experientes no tipo de visto que deseja solicitar. E como aqui estamos falando de um visto para a Austrália como engenheiro, experimente perguntar ao agente em análise se o/a mesmo/a é também engenheiro(a)?

Mas quero deixar bem claro que não existe nenhum obrigatoriedade nas leis australianas de imigração de que o agente de imigração credenciado pelo governo australiano seja também engenheiro(a) para orienta-lo na obtenção de um visto para a Austrália como engenheiro. No entanto gostaria que ficasse mais claro ainda, se o seu agente for também engenheiro(a), isto vai tornar a sua vida muito mais fácil. Leiamos o porquê abaixo...

Narrativas técnicas....

Como foi explicado acima na obtenção de um visto para a Austrália como engenheiro, o processo de validação vai exigir as narrativas que são essencialmente documentos técnicos, obviamente com uma linguagem técnica que serão lidas e avaliadas também pelas autoridades técnicas(engenheiros australianos). Ou seja, quais seriam as chances de um agente de imigração não engenheiro(a) entender tais narrativas e dar uma opinião corretiva de valor nas mesmas antes que você desembolse mais de A$1000(mil doláres) na análise final? Eu diria que seriam quase que nulas e você?

Não arrisque....

Como ficou provado acima, existe o risco de você contratar uma ajuda profissional, apesar de ser credenciada pelo governo australiano, estará longe de ser o ideal que realmente necessita. E o processo de imigração não precisa ser uma aventura!

A boa notícia é esta: eu sou o único agente de imigração fluente em português e engenheiro também. Isto significa que há mais de 25 anos que possuo minha certificação australiana como membro do Engineers Australia resultando numa imensa familiarização deste processo na obtenção de um visto para a Austrália como engenheiro.

A excelente notícia é esta: você não paga a mais por estes essenciais serviços extras que ofereço! Ou seja, você nem mesmo vai precisar pagar por traduções ao inglês quando apresentar-me os rascunhos de suas narrativas. Quer mais? Por favor, confira abaixo.

 
Como começar?
 
Para descobrir com certeza se é elegível ao programa de imigração para a Austrália como Engenheiro , basta apenas que contrate uma análise imigratória, a qual dará-lhe como bônus uma entrevista imigratória via Skype conosco para explicarmos em detalhes, desde que consideremos elegível, de como funcionará o nosso plano em suas circunstâncias particulares.
 
Também oferecemos esclarecimentos de nossos serviços gratuitamente. Isto significa que ao preencher o formulário no site, sendo elegível a uma das categorias do visto australiano, você receberá o nosso convite via e-mail para assistir GRATUITAMENTE o nosso vídeo, "Elegibilidade e Agora?", onde explicaremos o escopo dos nossos trabalhos e os seus próximos passos para realizar o seu sonho de Austrália. Este serviço de esclarecimento GRATUITO será o seu primeiro e importante passo para o propósito de imigração para a Austrália.
 
Portanto se estiver contemplando a decisão correta recomendamos que sempre procure uma orientação imigratória profissional ou consular, sabendo-se que a profissional não será nem mesmo 5% do que já estará investindo mas o potencial da economia a ser feito é de 100% ou mais. Reflita nisto.